Saiba como Posicionar sua Empresa Diante de uma Causa Social

EFICAZ COMUNICACAO - CAUSA-SOCIAL

Muitas empresas se perguntam como lidar com as causas que mobilizam a sociedade.

Sejam elas sociais, ambientais e humanitárias. Abraçar uma causa significa mais que levantar a bandeira. Se posicionar é reconhecer que vivemos um momento de responsabilidade mútua.

Como já citamos algumas vezes aqui no blog, o perfil de consumo veio sofrendo mudanças ao longo do tempo. E com ele, empresas e marketing mudaram também. O que antes era apenas vender um produto, hoje, é construir um relacionamento.

E quando falamos em relacionamento, falamos em opiniões distintas. Falamos em sentimento. Emoção. Entender o público nunca foi tão importante. E mais do que isso, dar atenção aos seus interesses e mostrar-se interessado por eles, também.

Uma empresa não é mais somente um provedor de produtos e serviços. O cenário exige o que chamamos de brand persona. As marcas, agora, precisam ter uma personalidade.

Estreitar o relacionamento com o público é o que trará retorno. Identifique-se com ele, mostre-se como um igual, seja um exemplo. Assim, tenha retorno. E quando uma marca ganha personalidade, ela pode e deve abraçar determinadas questões sociais.

Como posicionar minha marca?

Não estamos falando em opinar sobre toda e qualquer causa. Antes de tudo, é preciso compreender o momento, seu público e a “luta” envolvida. Seus valores, diretrizes e alvo, é que vão determinar o quanto aquele assunto é relevante à sua marca.

Meu cliente se envolve nessa questão? Até que ponto isso é relevante para minha empresa? São algumas perguntas a se fazer antes de levantar um posicionamento.

É relevante? Agora vem o grande desafio, desenvolver uma abordagem.

Os temas, assim como as opiniões que o cercam, são diversos, e ganham força em momentos distintos. Contudo, declarar-se contra uma causa não é uma alternativa. Em outros termos: Você apoia a causa ou simplesmente ignora o assunto.

Perante a postura dos novos consumidores, a busca é por levar mais essência à experiência de compra. E nada como fazer isso se mostrando antenado e envolvido com as necessidades da sociedade, e de seu público afim.

Não é vestir uma máscara de “herói”, é se unir. Caminhar junto. Chegue ao consumidor, defendendo uma postura ativa e natural. Mostre nos canais da marca as atitudes e opiniões.

Efetive a presença no cenário adotado participando ativamente de mobilizações e datas relacionadas à causa. Opte por oferecer informação e interaja com seu alvo. A ideia é estimular a lembrança da marca, fortalecer o relacionamento e converter em rentabilidade.